Depoimentos

"Assim como dança, escreve. Seu livro dança. Sua palavra tem movimento. Surpreende. Nada previsível, assim como sua dança. Divertido, amoroso, inteligente, irônico e essencialmente humano. Poesias Dançantes é um convite: dancem, dancem, dancem com as histórias, as palavras e a vida desta artista que declarou sabiamente: nem sei onde estive. Mas sei que fui."

SUELY MACHADO, bailarina, diretora e fundadora do Grupo de Dança Primeiro Ato

 

"Terminei a primeira leitura do seu belíssimo livro. Quando a gente vê um bailarino no palco dançando na ponta dos pés, a gente não imagina o quanto aquela leveza toda dói. Sua poesia é delicada e forte. Se os poemas queriam dançar, através da sua escrita eles conseguiram. Parabéns pelo belo é tocante trabalho."

ADRIANA VERSIANI DOS ANJOS, poeta

 

"Poesias Dançantes é uma obra literária que contém mais que palavras em forma de poemas; é movimento que ganha um novo suporte. Um livro para ser lido com os olhos, mãos, corpo, alma e coração."

RUBENS AGUIAR, publicitário

 

"Poesias Dançantes, de Paula Davis, mire-veja-leiam: como ser tão artista em cena e verso? Obrigada, Paula."

CÁSSIA NAVAS, ensaísta e professora-pesquisadora do Instituto de Artes da UNICAMP

 

"É um bailar o seu livro, como sugere o título. O prefácio nos convida lindamente a dançar com sua poesia no bailar das palavras uma força que rasga e costura as fibras do humano tecido. As imagens e artes, desde a capa, revelam com delicadeza o rompimento e o lento alinhavo da agulha da poesia, da linha da dança na tecitura do ser... afinal, 'a costura é para além-vida'."

CHEYLA MELO, bailarina e professora de dança

 

"Acabei de devorar seu livro. Mas, como você advertiu nas últimas páginas, fiz falta de educação: não mastiguei 30 vezes. Vou voltar depois para saboreá-lo, lentamente. Mesmo lendo de maneira compulsiva, vou aproveitar seu 'pas de deux' para dizer que este livro 'merece um brinde'. Foi muito bom dançar por essas páginas com você."

LUCIANA ABREU, advogada

 

"Intertextualidade imagética: lindo! Estou adorando os poemas. Quem compreende movimentos é capaz de perceber seus poemas impressos no corpo."

SANDRA BARBOSA NOGUEIRA, pedagoga, bailarina, coreógrafa, professora e pesquisadora

 

"Seu livro é muito forte, não consigo ler impunemente. O danado é que é essa mesma a missão da poesia. Traz uma certa dor de coisas que eu já tinha guardado num desvão sob o telhado, no fundo do coração. Não tem outro jeito (e me lembro da Adélia, “a poesia me salvará(...) Não falo aos quatro ventos porque temo os doutores, a excomunhão e o escândalo dos fracos. A Deus não temo. Que outra coisa ela é senão Sua Face atingida da brutalidade das coisas?”)."

EMERSON PENHA, jornalista

 

"Paula, seu livro dançante é lindo! A intensidade e a surpresa do verso às vezes prescinde da linha."

MARCELO PIMENTA, escritor

 

"Li de novo o seu livro. A cada vez descubro mais camadas e profundidades. Está lindo! Parabéns, de novo."

RAQUEL PIRES, bailarina e professora de dança na UFMG

 

"Amei seu livro. É lindo! Me reconheci e me emocionei muito. Vou ler e reler sempre."

MARCELA ROSA, bailarina

 

"Parabéns pela sensibilidade e generosidade de escrever tantas verdades que ecoam dentro daqueles que vivem a Dança. Obrigada."

FABRÍCIA MELO, bailarina e professora de dança

 

Sobre a loja

Loja dos produtos em papel do estúdio Bailaletra, da bailarina e escritora Paula Davis.

Social
Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Paula Davis - CPF: 850.847.196-34 © Todos os direitos reservados. 2020